17 octobre 2007

A Bicicleta de Todo-o-Terreno (BTT) surgiu nas zonas montanhosas da Califórnia na década de 1970.

Este tipo de bicicleta surgiu da necessidade de obter máquinas suficientemente robustas para superarem os obstáculos impostos pela natureza, principalmente nas enormes descida das colinas da Califórnia, pelas quais os primeiros Betetistas se lançavam a grande velocidade.

Como as bicicletas de estrada não estavam adequadas a este tipo de aventuras, começaram por adaptar a tradicional bicicleta do carteiro.

Essas adaptações foram surgindo de forma artesanal, nas garagens dos mais aventureiros. Foi o principio de uma industria que hoje vive muito à custa da alta tecnologia.

Pedalar numa BTT de 1000 contos corresponde, do ponto de vista evolutivo, a conduzir um carro de F1. 

A nível de competição, o BTT tem duas vertentes principais: o downhill (DH) e o cross-country (XC).

No downhill, o objectivo é descer uma encosta o mais rápido possível. Quanto mais dificuldades houver pelo caminho, melhor....pelo menos para quem está a assistir e quiser ver umas valentes quedas.

No cross-country é preciso muita resistência física, algum espírito de sacrifício e os tombos também costumam marcar presença. As corridas têm a duração média de 2 horas e estão escalonadas por classes etárias.

O BTT tem regras específicas, que o demarcam das outras actividades velocipédicas. Por exemplo: Durante uma prova de XC o atleta não pode receber apoio exterior a não ser o fornecimento de alimentação e assistência médica. Qualquer outra anomalia, como furos, avarias, etc, terão que ser resolvidos exclusivamente pelo atleta.

Mas o BTT não é só praticado por atletas federados. Para todos aqueles que gostam de pedalar, seja uma vez por ano, ou duas vezes por dia, as nossas saudações BTTistas. 

Posté par oitavoC à 16:54 - Commentaires [0] - Permalien [#]


Commentaires sur A Bicicleta de Todo-o-Terreno (BTT) surgiu nas

Nouveau commentaire